Epitáfios

 
 

Um minuto de silêncio, por favor!

Pela morte da cidade.

A cidade agora é só jazigos espalhados,

Escondidos sob o véu do indivíduo

 Com epitáfios para as suas substâncias,

Embora falecidas.

Porque em meio ao caos

A cidade é cotidianamente sepultada. 

 

 
Marca/aparição censurada pelo poder público

Aqui Jaz

A consciência,

A paciência,

A dignidade,

O respeito,

O bom senso,

O direito,

O moral,

A morada,

O solidário,

A infância,

A criança,

O lúdico,

A tolerância,

O humano,

O natural,

A paz,

O amor,

A família,

O ar puro,

A tradição,

A amizade,

A liberdade.

É O…Saci Urbano surfando no trem

Da 
Estação Rio Grande da Serra
à
Estação Luz
...Tempo de viajem_________55minutos...
05h45

 

05h50
 Da 
Estação Brás
à
Estação Mauá
 
...Tempo de Viajem_______40 minutos...
 
14h45
Da
Estação Luz
à
Estação Rio Grande da Serra
 
...Tempo de Viajem_________55 minutos...
18h15

 

19h30
No dia seguinte
 Tudo outra vez____________________...

Saci Urbano para Cidadão. Vote 777

Faltam poucos dias para as eleições deste ano de 2010, e o Saci Urbano logo viu a demanda de lixo visual nas calçadas e nas ilhas de muitas avenidas das cidades metropolitanas deste estado paulista de ser.

Conferiu o crime ambiental cometido pelos próprios candidatos a eleição –  uma vez que outros dessa mesma espécie criaram leis para punir os artistas de rua que deixam marcas visuais  bem mais interessantes que essa sujeira deslavada desses “puliticos” mal-feitores.

Olhando tudo isso, cheguei à conclusão de que o Saciu (Abreviação de Saci Urbano – sem se prender as normas da ABNT.) faria uma brincadeira com essa situação vergonhosa para o bom senso dos “cidadãos”. 

Foi então que apareceram algumas marcas de aparições com uma suposta campanha do Saciu para candidato a cidadão brasileiro.

Hahaha!… Mas é claro que o Saciu jamais quisera se tornar um cidadão deste país, pois assim ele estaria sentenciado a sua prisão de estado.

Estaria nas mãos do governo para ser mautratado de forma sutil e despercebido.

Teria que dançar conforme a “musica de câmaras” – se é que me entende!?… Não esbanjaria mais dessa liberdade natural que tem de aparecer “aqui-e-a-colá”.

Depois de muito tempo de pura ignorância por parte dos homens de poder é que o estado resolve adotar medidas de sustentabilidade – palavra tão recente propagada que escrevendo este texto me apareceu uma rasura de cor vermelha debaixo dela: “sem sugestões de ortografia”, e que eu também não achara no minidicionário da lingua portuguesa. Ou seja, se o progresso é este que primeiro destrói para depois construir e depois cria novas palavras que os “puliticos” e as empresas capitalistas acrescentam em seus discursos e propagandas fascistas, eu prefiro ficar no anti-progresso mesmo. Prefiro viver de forma simples e sentir a t[T]erra como sugere o nosso amigo desobediente dessas condições, o Saci Urbano.

Galeria das aparições do Saci Urbano

Conheça a nova página desse sítio virtual em…

 | http://eosaciurbano.org/aparicoes/ | 

 

 

.|.