É O… em Terras estrangeiras

Pronto!

Era só uma das coisas que faltava, o  Saci Urbano fazer suas aparições em países estrangeiros. “Eita lasqueira”!…

Foto em Paris -por Eric Marechal

 

Ta lá…Fazendo suas peraltices em Paris, na França. E um pouco mais perto da nossa América, em Cuba, lá naquela ilha independente, terra marcada por muitos “heróis que foram e que continuam sendo de verdade”.

Foto em Cuba - por Eric Marechal

 

…Saudações Sacizistas, povo estrangeiro…

 O que acontece é o seguinte,  apenas o Saci urbano foi viajar pelo mundo, enquanto, eu, seu fiel marcador de aparições, fiquei por aqui mesmo, tomando conta de pautar novas aparições em terra nacional.

Isso logo já faz lembrar de outros causos de sacis (rurais e florestais), que se transportam de certos lugares a outros em forma de Redemoinho de vento.

É… Foi mais ou menos assim. Só que o nosso amigo que “pita de preto” pegou uma carona no projeto Arte de Rua sem Fronteiras do companheiro francês, Eric Marechal.

 Esse cara faz um trabalho sensacional. Leva pôster e lambe-lambes daqui do Brasil e cola em outros lugares do mundo, e traz trabalhos de artistas estrangeiros para colar aqui também.

Por onde ele passa deixa a arte de alguém. Isso, contatando com países de diferentes continentes – eita, como esse ser humano tem o p($)der de viajar em sua forma física -,  compartilhando e difundindo a arte de rua, nas ruas do mundo. Fazendo em muitas intervenções, o diálogo entre os trabalhos de diferentes e distantes artistas.

Portanto, o Saci Urbano, ligeiro que é, aproveitou essa ventania moderna para mostrar sua existência em outros cantos do mundo.

 E não para por aí, visse!… Logo ele fará aparições noutros lugares mais longínquos daqui, das terras dos Tupis, dos boitatás, dos botos e outros caiporas mais.

…Mais Registros Fotográficos de suas apaições lá fora>>>

 

foto Paris - Eric Marechal
foto Cuba - Eric Marechal

É o Saci Urbano!

 Qual o brasileiro que ainda não conhece a imagem do saci? 

Os mitos e lendas de todos os sacis, uma vez publicado impressos em folhas e/ou expressos ao vento pela oralidade do “griô brasileiro”, sempre foram relacionados ao meio rural e as florestas do interior do Brasil, e agora, também será referente ao meio urbano,  por todos os sobreviventes dessa selva de pedras, na qual, aqui, a chamamos de “Urbanidade”. 

Saci urbano em SBC_01 

 Urbanidade”

 

O concreto no lugar da terra  
O prédio no lugar da árvore
O lixo futurista – altamente tóxico – no lugar dos rios e lagos 
Escurecendo o céu de [cinzas] que deveria estar azul 
Junto, o aglomerado de pessoas
Provocando a miscigenação involuntária que invoca à violência 
Primeiro, pelos homens de colarinho
Segundo, pelos homens armados 
E depois, pelos homens ignorantes 
Todos, porém, inscientes do seu estado ordinário
Aprendizes do mau trato à vida.
Orgulhosos da própria insanidade
Felizes, por serem infelizes.
 
Isso tudo é a “Urbanidade”
Onde nos localizamos e constantemente reclamamos.
Mas enquanto a nossa juventude
Não abriremos mão dessa Urbanidade
Pois somos os filhos pródigos desse caos moderno.
 

saci urbano São Bernardo do campo, AV. Getúlio Vargas-b
E o “Saci Urbano” que está em meio a tudo isso, aparece nos muros das metrópoles em forma de protesto, fazendo as suas estripulias para o uso-do-bom-senso.

Este é o Saci Urbano! 

 

aparições->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->->