È O . . .


SeriaEla...

As águas dos rios urbanos não servem para Ela

Porque os ruídos concomitantes dos veículos marginais

Não deixaram soar o seu canto sedutor.

A poluição do progresso tirou a sua beleza natural.

E as enchentes químicas do verão das indústrias depreciaram a sua alegria.

Se não fosse por isso

... Seria Ela...

.